quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Você não me conhece



   Você acha que me conhece, mas eu deixo você conhecer o que eu acho seguro.

  Eu tremo de medo, eu choro escondido, eu sinto o estômago revirar quando estou nervosa, eu sou a pessoa mais dramática e ao mesmo tempo mais concentrada.

  E quando minhas mãos tocam umas nas outras minha oração tem o poder suficiente para me deixar em paz e me fazer acreditar sempre em um amanhã melhor e acreditar acima de tudo que sim, eu sou boa o quanto eu posso ser.

  Então lhe digo uma coisa: não me julgue.

  Olhe bem para dentro de você, do que você precisa para se lembrar mais de você do que de mim? eu sou assim tão importante?

  Eu tenho olhos que seguem o voo dos pássaros em um dia normal, eu sou atenta ao que há de mais simples e bonito. Lembro bem daquela pintura escondida naquele túnel no centro da cidade, de alguém que eu não conheço, talvez muitos passem ali e nunca repararam.

  Talvez esse seja o meu maior valor, eu presto atenção em coisas que não atingem e fazem mal a ninguém. Quantos erros cada um carrega, cada um tem um peso e é difícil para todo mundo carregar isso tudo por ruas íngremes.

  Eu não sou simpática a todos porque eu não aguento o tribunal dos santos advogados da vida. Minha mente é livre e pede somente a compreensão.

  Mais amor, é o que pede essa cidade.

  Eu vou estar no chão e você não vai saber, quando eu estiver no alto você também não vai saber, só existe um que sabe tudo, exatamente tudo o que passa em minha vida e eu não preciso apresenta-lo a ninguém.

  Cada um tem a fé que decide ter.


domingo, 14 de dezembro de 2014

Mudanças



  O dia amanheceu como um suspiro e eu agradeci a cada segundo feliz que eu passei.

  Não sei explicar, ás vezes eu acordo assim, meio feliz pra caramba e sem explicação alguma.

  Sabe que ás vezes eu me acho fraca? é que existem tantas histórias de superação que eu conheço que parece que tudo que eu faço ainda não é grande coisa.

  Besteira.

  Você luta ai e eu luto aqui, cada um na sua grama verde.

  É que corremos tanto que esquecemos de prestar mais atenção em nossos esforços do dia a dia né? engraçado. Eu nunca salvei ninguém tipo super herói, cachorro sim...mas faz tempo. Mesmo assim de alguma forma eu acho que posso ser heroína da minha própria vida, cada um sabe o que precisa resolver né?

  Me diz, quer momento mais heroico do que conseguir sair vivo de dentro de um metrô lotado? milhões conseguem todos os dias.

  Há alguns meses atrás eu passei por poucas e boas, foi tipo: acorda porque agora já era.

  Minha vida saiu do eixo e eu amadureci mais ainda. A verdade é que parece que a adolescência esta durando mais do que deveria, só percebemos isso quando precisamos, de fato, nos virar sozinhos.
  Eu cai mais uma vez e poucos sabem disso, poucos se importam né?

  Eu abri meu guarda-chuva para de me proteger da chuva de críticas e opiniões vazias, quem não me conhece ás vezes fala mais do que deveria.

  Precisei aceitar o fato que dinheiro realmente não cresce em árvores e eu não poderia mais sair para onde eu quisesse porque não tinha como, mesmo. Ai você começa a perceber o real valor das coisas.
  Ás vezes algumas metas precisam ficar de lado e novas surgem. Ás vezes alguns sonhos parecem que não vão se tornar reais mas no fundo você sabe que vai.

  Agora é assim: dois trabalhos, um blog, a Sunshine Candies e em cada lugar tem muito de mim.

  Sim, é uma loucura, ainda bem que eu sempre gostei de ter agenda mas o mais legal de tudo é que eu continuo sendo eu mesma.





sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Para saber que eu precisava dizer



  Dói dizer adeus, iria doer mais ainda se eu não tivesse dito.

  O seu amor sempre foi tudo o que eu quis, mas ele levou um pouco de mim e eu fiquei perdida sem saber quem eu realmente era.

  Eu vivi só para você, doei tudo de melhor que existia em mim. Quando as luzes se apagavam e eu estava sozinha, o amargo tomava conta e me deixava perdida em pensamentos. Eu perguntava todo dia a mim mesma se eu estava fazendo tudo certo porque me incomodava cada cara feia que identificava em seu rosto, eu precisava ser perfeita, eu precisava disso para ser feliz.

  E chegou o dia que eu acordei.

  A felicidade que eu achava que sentia na verdade não existia mais, porque ela não morava em seu sorriso, ela estava escondida e bem longe de você. Todos aqueles planos me deixavam em segundo plano e eu acho que em um relacionamento ninguém pode ser melhor que o outro, mas melhor para o outro.

  Estou te falando isso para amanhã você não procurar mais justificativas. Eu não deixei o sentimento morrer, lutei por ele, mas eu não poderia acabar comigo para te fazer feliz.

  Provavelmente em algum momento você vai entender.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Fazer o que não queremos fazer.



  Ás vezes, quase todas as vezes, fazemos algo sem querer, só por ter que fazer.

  Seja no trabalho, em um relacionamento, na vida, isso é chato.

  Chato mas muitas vezes necessário e me faz pensar que não deveríamos nos sentir tão culpados quando decidimos fazer algo que realmente queremos fazer, mesmo quando vai contra o que outras pessoas pensam ser o certo.

  Mudança de carreira, de casa, de vida. Não vou dizer que jogar tudo para o alto e fugir é solução mas até para planejar algo é preciso um pensamento um pouco mais aberto.

  O que você sempre quis? o que você realmente quer?

  Sei lá, sempre achei que ninguém merece sobreviver sem viver. Ninguém merece precisar ficar reclamando da sua rotina no dia a dia como se não houvesse uma outra solução.
  Deve ser por isso que eu sempre lutei muito para fazer as coisas diferentes. Por mais que eu tenha uma rotina eu precisei criar outros caminhos que me libertam da "mesma coisa de sempre".

  Respirar fundo e saber que se a gente realmente quer tudo muda, aliás, quando não queremos também muda, mas mudar para melhor nem sempre é fácil.

  Hoje eu não acordei 100%, mas eu lembrei que eu tenho muitas coisas que gosto e uma das coisas que eu mais gosto fui eu mesma que criei, o meu blog, aqui eu posso escrever o que eu quiser, quando quiser, simplesmente porque eu sempre quis.

  A Quinta-feira já chegou, para mim e para você. Espero que você possa fazer pelo menos uma coisa que realmente quer fazer.

  O mais simples pode ser o que mais necessitamos no momento.

Att,

Luana Barreto.