quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Resenha Simplesmente Acontece

  

  Sabe aquela caixa cheia de cartas e lembranças que ás vezes esquecemos em algum lugar?

  Ler esse livro foi como abrir uma caixa dessas, no caso, de outra pessoa que acabou esquecendo em algum lugar e por algum acaso eu achei e comecei a ler.

  Gosto muito do autor Nicholas Sparks e nunca pensei que teria mais alguém na minha lista de romances preferidos e para a minha surpresa achei um que com certeza não vai sair da minha cabeça por muito tempo.

  Eu me interessei pelo livro ao ler algumas resenhas a respeito. Digamos que me identifiquei muito com a história o que fez com que eu me apegasse ainda mais a tudo que acontecia.

  Basicamente a história é: Dois amigos que se amam mas não conseguem ficar juntos. Eles não conseguem ficar juntos porque sempre acontece algo que aumenta a distância entre eles. 
  Começou com a mudança de Alex para os EUA, até então ele tinha passado sua infância em Dublin junto com sua melhor amiga Rosie. Essa mudança os distanciou em Km mas manteve o coração cada vez mais ligado. Logo depois Alex acaba perdendo o seu voo para Dublin e perde o baile de formatura, Rosie então acaba indo com outra pessoa ( que por sinal nenhum dos dois suportava) e bem...a noite acaba trazendo grandes consequências para Rosie.
  É legal ver como a amizade de verdade é importante. É isso que sempre falo e vou continuar batendo na mesma tecla: a verdadeira e sincera amizade é a base mais forte de uma relação, seja qual for.
  Alex e Rosie ficaram distantes, brigaram várias vezes, se relacionaram com outras pessoas e construíram cada um sua família mas o amor deles estava sempre ali, vivo, porque a amizade era forte demais. 

  Mas será que todos os acontecimentos e problemas é capaz de algum dia cansar os dois e cada um viver a sua vida sem comunicação um com o outro? Se eles se amam, afinal, porque não largam tudo e vão ser "felizes para sempre"?

  Toda a história é contada em e-mails, bilhetes, cartas e etc. Vi que algumas pessoas estranharam muito mas eu adorei, me senti a melhor amiga da Rosie. A proximidade com a história é muito maior e apesar do livro ser um pouco grande eu não demorei para ler.

  Eu indico muito esse romance e o filme é bem legal também, não é melhor que o livro e bla bla bla mas é legal ;)



  





segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Elo

  


  Eu sonhei com você algumas vezes mas não acreditei que seria real.

  Agora eu sei que é mas também passei a conhecer a distância sem estar longe. Ela não foi construída por nós mas pela vida, porque o coração não mente nem escolhe muito bem, ele apenas sente e se descontrola à toa como se qualquer um fosse capaz de aguentar.

  Eu sei o que você sente, sei mais ainda como me sinto, ás vezes sou obrigada a mentir para mim para que eu não precise viver mergulhada em ilusão.

  Existe uma base aqui que é mais forte do que eu pensava. Vamos continuar brigando feio, vamos continuar nos afastando, vamos continuar caindo em arrependimento e no final sempre estaremos juntos, em algum lugar, de alguma forma.

  Eu já disse que você é raridade, a forma perfeita da amizade. Eu realmente te conhecia eu só não sabia onde estava, agora sei que sempre vai estar aqui.

  Amanhã eu já não sei onde os seus pés vão pisar, mas o que fica aqui é esse elo que é maior do que eu poderia imaginar.



  Texto: Luana Barreto.