quinta-feira, 14 de abril de 2016

Amor que transborda



  Antes de ontem, exatamente dia 12 de abril de 2016, minha cachorra fugiu.

  Ela é pequena (pinscher), teimosa e sempre gostou de fugir. Foi adotada e quando pertencia a outra família já tinha fugido e foi encontrada em uma casa um pouco distante daqui, um mistério tentar entender como não foi atropelada!

  Então depois de muitos anos após a primeira fuga ela resolveu fugir de novo por uma passagem no portão que estava sem a tela de proteção. Foi andando por ai feliz da vida, no sol quente e em questão de minutos sumiu.

  Quando a gente se da conta de que aquele pedacinho de ser vivo sumiu, o coração quase sai pela boca. Você não sabe se chora, se desmaia, se corre, então sai procurando igual uma condenada.

  Olhamos em todos os cantos, abrimos o portão, olhando para todos os lados, em baixo dos carros...NADA.

  Minha mãe sai lá fora novamente, olha lá para o inicio da rua e diz : "Olha ela lá subindo a rua indo para a avenida."

  Sai correndo conseguindo ver de longe aquele pontinho preto de orelhas pontudas.

  Corri pra caramba, tenho bronquite, sol quente, nada legal e de chinelo ainda.

  Alcancei a cachorra porque ela não estava querendo correr, estava só aproveitando o sol calmamente e cheirando cada cantinho do asfalto.

  Voltei cuspindo o pulmão mas aliviada.

  Então comecei a analisar os minutos de desespero que se passaram em pensar que poderia ficar sem ela. Minha casa é um zoológico mas cada um deles tem uma importância enorme em minha vida. 
  Não existe dinheiro no mundo que me faça desfazer de algum deles, eu poderia morar em um quarto, todos iriam comigo.

  Acho que ai esta a diferença entre ter um animal de estimação porque é legal e ter um animal de estimação e ama-lo até o fim. Não importa o que aconteça, é amor, puro amor, sem querer nada em troca. É um sentimento tão forte mas TÃO forte que me faz ser a pessoa mais amada e feliz.

  Eu não enxergo raças, eu enxergo a amizade verdadeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário